sexta-feira, março 13, 2009

Os meus passos

Os meus passos levam-me quase sempre
Ao sabor das coisas que não se esperam.
E o caminho torna-se assim aventura.

Os meus passos levam-me quase sempre
Ao encontro das coisas que desconheço.
E o caminho revela-se percurso desconhecido.

Os meus passos levam-me quase sempre
À descoberta das coisas que nem sempre vislumbro.
E o caminho torna-se assim viagem peregrina.

8 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
caminha amigo,
caminha sempre,
não esqueças:
.
Há caminhos não andados,
que esperam por alguem,
,
um abraço,
,
*

Zé Maria disse...

Poeta

Tem razão, há caminhos
que lá estão
e nós muitas vezes sem os vermos.

Abraço

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Aventurar-se no desconhecido, contanto que não se perca de vista no caminho escolhido. Elogios assim enchem o coração de felicidade daqueles que escrevem algo. Disse tudo, há vida mesmo e vale muito a pena. Agradeço de novo sua gentileza.

Até a próxima.

Jota Cê

-

Multiolhares disse...

ássim nos transformamos em peregrinos nesta viagem
Bj

Efigênia Coutinho disse...

"Os meus passos"
Zé Maria,

LEIO SEUS VERSOS, E FICO A IMAGINAR OS PASSOS DO POETA, UM TANTO POR METÁFORAS, MAIS VAI DANDO PASSOS, ASSIM PODEMOS ACOMPANHAR A PASSAGEM,
COM ADMIRAÇÃO,
EFIGÊNIA COUTINHO

Philip Rangel disse...

Todos nos temos um caminho percorrer ne..basta sabermos para onde seguir...

abraços

Anónimo disse...

Olá José Maria
Como está?

O seu poema é lindo, e com ele recordei um poema que escrevi quando perdi o meu pai.
Aqui vai um pequeno excerto da parte final:
"...responde o silêncio... resta a saudade de alguns passos...
Enquanto outros vagueiam por aí..."

Um abraço para toda a família

Helena

P.S.Se quizer visitar o meu blog:
http://www.helenadobidos.blogspot.com/

Mariz disse...

Salvé Zé Maria
Vim aqui um pouquinho, porque há 2 ias que não consigo escrever nada pois não entro...

Caminhe sim...
Sempre consciente que os passos nem sempre são leves e que vezes há que tropeçamos e vamos de cara ao chão!
Porém, mal nos ergamos da queda, ou tropeção, sentiremos que estamos bem mais fortalecidos e revigorados...já se deu conta?

É que se não aprendermos com "esses sinais", os que vierem serão bem mais dolorosos...é por isso que há tantos acidentes e males...as pessoas não aprendem e estão distraídas nas aulas da vida!

Deixo aquele abraço
Sempre...
MAriz