segunda-feira, março 16, 2009

Avoamentos

As palavras que libertamos ao vento
Levam consigo a respiração dos nossos dias
Transportam na sua voz a vontade e o desejo
De escutar sem culpa a tentação.

5 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

AVOAMENTOS...

É sempre revigorante ler você, hoje deixei-me ao vento com "Avoamentos" .
Belíssimo momento, agradecida, com muita admiração,
Efigênia Coutinho

€ster disse...

Caro Zé Maria,

Que bom "Avoamentos" este teu!

Fez-me lembrar de Paul Auster,


" Antes de encontrar o caminho da página, uma palavra tem primeiro de fazer parte do corpo, tem de ser uma presença física com quem se vive tal e qual como se vive com o coração..."


Abraço fraterno e obrigada pela visita em meu blog,

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Zé Maria,

Escutar a tentação é saber o sagrado do desejo.

Lindo!

Maravilhosa terça.

=]

Rebeca

-

poetaeusou . . . disse...

*
a tentação
transporta as culpas
na vontade do vento
respirando avoamentos,
,
abraço,
,
*

Dan disse...

Palavras que libertam ventos
Palavras de transformação
Palavras que não falam
Palavras que escutam
AVOAMENTOS Só você caro amigo