sexta-feira, abril 17, 2009

Cantiga de Amigo

Onde estás meu amigo
Que te anseio tanto e tão breve?

O tempo sem ti é como água
Que de rio se torna mar revolto.

Onde estás meu amigo
Que te espero pronta e desperta?

O tempo sem ti é como vento
Que veloz se transforma em tormenta.

Onde estás meu amigo
Que te quero tanto e tanto?

O tempo contigo é mar sereno
É brisa refrescante
É tempo de querer-te ansiando.

(Teorema, Dezembro 2003)

3 comentários:

mundo azul disse...

________________________________


Belíssima canção para o amigo!!!

Muito bom ler poemas como esse...


Beijos de luz e o meu carinho!

________________________________

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Cantiga para um amigo e um chamado cheio de melodia pra ficar perto, bem perto...

Zé, sua visita é tão bem-vinda, querido amigo. Suas palavras dizem tanto do que realmente Jota Cê e eu somos.

Muito obrigada pelo carinho de sempre, você é um amor.

Maravilhoso final de semana.

Rebeca


-

poetaeusou . . . disse...

*
o tempo contigo
é mar sereno,
,
sublime,
,
aquele abraço,
,
*