quarta-feira, abril 01, 2009

Até qualquer dia, amigo

O meu amigo Zé partiu.
Há algum tempo já que apenas dele sabia que da vida já pouco sentia.

O meu amigo Zé partiu.
No meu tempo, chegou como partiu. Com a simplicidade dos que sabem que a vida é apenas tempo e oportunidade para viver. Com a simplicidade dos que conhecem o sabor da palavra amizade.

O meu amigo Zé partiu.
E no ar respiro um não sei quê que me segreda que se calhar haverá um tempo em que ainda nos vamos voltar a encontrar lá no cimo da montanha que acabamos todos um dia por subir.

1 comentário:

Dulce disse...

Quando um amigo parte, sempre leva consigo um pouco de nós...